4 de outubro de 2012

Plenitude do Tempo


Aprende com as horas que regulam o seu tempo,
que a vida é puro ensinamento.
Cada dor, cada vitória e cada derrota,
carregam em si mesmos,
sementes do amadurecimento.
Nada é em vão.
Não existe esse "acaso"
que muitos afirmam existir.
Pois antes mesmo do seu agir,
houve um pensamento a te dirigir.
Aprende com o tempo que já passou,
que a vida é sementeira aberta.
Recebe todos os tipos de cultivo.
Podemos plantar o ódio ou semear o amor.
Podemos plantar esperanças ou viver a dor.
Podemos plantar sonhos, ou sofrer com o desamor.
Podemos abrir ou fechar portas,
seguir esta ou aquela rota.
Se perder e se achar mil vezes.
Ainda assim, com tudo o que você já viveu,
por mais que pareça muito tempo, muita dor,
muita angústia, muito sofrimento.
Ainda assim, é o "nada ao quadrado"
diante da eternidade.
Por isso, não se demore na dor.
Aprende finalmente que tudo se transforma quando
nos transformamos em algo melhor.
Quando nos aceitamos, nos valorizamos.
Quando finalmente aprendemos que podemos
sempre um pouco mais.
E hoje, eu lhe digo com certeza:
- Você pode muito mais!
Acredite em você, na sua capacidade infinita
de amar e ser amado(a).
Porque está noite, ainda que tardia,
é sempre tempo de se preparar para a plenitude.
Não existe tempo e nem idade,
apenas a realização e a felicidade.

Autor: Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Um comentário:

Barbie Californiana disse...

O tempo nos ensina muitas coisas, cabe a nós aproveitar o que ele tem de melhor. Ótima reflexão. beijos e tudo de bom!