24 de março de 2012

Simplesmente

Image and video hosting by TinyPic

Entre o que desejamos e o que temos, existe uma
barreira, uma distância, que pede muito mais do
que o desejo puro e simples, exige dedicação e por
vezes um certo sofrimento, paciência e abnegação,
um preço para cada conquista, que nem todos estão
dispostos a pagar.

Por isso, há os que vencem, e há os que nunca alcançam.
Gente que vê a estrada florida, e outros que permanecem
no charco, há os que encontram, e os que nunca se acham.

Muitos desistem no meio, outros nem começam, mas os que
persistem, vencem a si mesmos, são os que recolhem pedras
com as mãos, aqueles que não temem a noite escura, porque
não enxergam os problemas, olham para a frente, para o
futuro, com a lanterna da insistência nas mãos, e vão
passando obstáculos, suando muito, porque toda vitória
é fruto maduro, da perseverança e da transpiração.

Se o seu sonho te parece impossível, saiba que a esperança
é o estopim, que acende a dinamite da determinação e que
todo aquele que crê e persevera, acaba encontrando mais do
que espera, na curva da vida que os tolos chamam de sorte,
e que os determinados munidos da paciência, reconhecem de
longe, alcançando o sucesso, chamam sabiamente de “consequência”.

Autor: Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

Image and video hosting by TinyPic


Image and video hosting by TinyPic

Um comentário:

Leh disse...

Amiga Suely,

acho que precisaríamos ler todos os dias esta mensagem, para que o mundo melhore através das pessoas.

"Por isso, há os que vencem, e há os que nunca alcançam.
Gente que vê a estrada florida, e outros que permanecem
no charco, há os que encontram, e os que nunca se acham."

Importante é não desistir, embora ache que se possa desistir conscientemente, em busca de algo melhor.

A última estrofe: "todo aquele que crê e persevera, acaba encontrando mais do que espera" , um verdadeiro incentivo.

Lindo! Amei!
Beijos