6 de dezembro de 2011

Ouse Sonhar


Não há nada pior do que uma pessoa vagando pelo
mundo sem sonhos. E digo vagando pois essa é a
sensação da pessoa: um zumbi.


Sem vontade, sem desejos, nada além do seguir adiante.
E não pense que a falta de sonhos é coisa dessa ou
daquela pessoa.
Não tem nada a ver com dinheiro, posição social, cultura...
Muitos mendigos sonham com um bom banho, a mesa farta.
Muitos ricos sonham com dias de paz, viagens maravilhosas,
outros, querem apenas saúde.
Mas, há os que não sonham, ou sonham pouco.
Esses sim são os que preocupam.
Muitos estão vegetando fora do coma hospitalar.
Trancados em quartos, sem abrir janelas,
ou vivendo "vidinhas medíocres", a troca de baixos salários,
com medo de "rebelar-se" contra o sistema, contra si mesmo.

Ouse sonhar!
Ouse pensar grande!
Colocar a voz para fora, as idéias para circularem.
Ouse inventar um novo jeito de fazer a mesma coisa.
Ouse renovar o seu relacionamento de anos,
com uma nova forma de beijar, de fazer amor.
Nada precisa ser igual todos os dias.
Nem você!

Um pouco de ousadia vai te fazer muito bem!
Pode te levar de volta a escola,
pode te levar para uma viagem para bem longe,
ou aqui mesmo em Piracicaba, quem sabe?
Tudo depende da sua capacidade de sonhar,
de sentir que pode realizar.
De colocar a mão na massa do trigo e fazer o pão.
Do feijão cru a bela feijoada.
Do desejo de amar, um romance inesquecível.
É tempo de desejar a felicidade e lutar por ela.
Sem medo de sonhar, conquistar e ser feliz.

Autor: Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

"Não há nada como o sonho para criar o futuro.
Utopia hoje, carne e osso amanhã.
(Victor Hugo)

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Um comentário:

Aureliano disse...

Suely,

Os sonhos nos mantêm acesos, estelares, cintilantes. Os sonhos mantêm nossa ambição benéfica de um querer ser, tornar-se , realizar-se, ainda que seja por uma gotinha de felicidade.

Abraços,

Aureliano.