10 de outubro de 2011

Sentimos


Quando nossas emoções estão a flor da pele,
ficamos assim, tocados até pelo vento da tarde,
tudo é motivo para uma reflexão, ou um choro.

Sentimos,
sentimos sim,
quando alguém que amamos desafia a nossa paciência,
quando um mal-entendido se espalha e cresce,
quando uma palavra mal-dita, se transforma em dor,
quando pensamos que alguém é tudo e não é nada,
é vazio, é falso, não é amor...

Sentimos,
e como sentimos,
quando nossos desejos mais secretos se esvaziam,
quando tudo o que estava certo dá errado,
quando tudo o que foi combinado não acontece,
e quando toda a nossa emoção desaparece,
esvazia-se a alma, desmancha-se o coração.
então sentimos a dor de não ter um chão,
de não ter um ombro amigo para chorar,
uma pessoa para desabafar o que sentimos,
e sofremos...

Sentimos,
sentimos o desejo de recomeçar,
e no caminho de pedras, removemos algumas,
revolvemos a terra seca e plantamos sementes de esperança,
somos assim, corpo de adulto, cabeça de criança.

Criança que sonha, criança que sente,
que acorda para a vida e pressente,
que tudo pode ser diferente,
quando sentimos que tudo está em nossas mãos,
nosso destino, nossos sonhos, nossa força,
tudo faz parte da nossa emoção,
às vezes, sem nenhuma razão.

Sentimos então a força do não desistir,
de encarar a dor de frente e sorrir.
Pois somos um poço de emoções,
reflexo do aprendizado de cada dia,
que convida para a vida,
a sua vida, o seu tempo,
o seu sentimento.

Autor: Paulo Roberto Gaefke
www.meuanjo.com.br

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

6 comentários:

Idenilse Aparecida disse...

Ah Suely! Assim não vale.
Se caiu alguns pinguinhos ai no seu blog,
desculpe, não mandei vc publicar algo tão lindo.

Um grande beijo minha querida!.

Aureliano disse...

Olá,
Linda postagem. Belo texto.Certamente os sentimentos nos transformam, resgatam o mais humano em nós.

Parabéns pelo blog. Já está roteiro de minhas visitas.

Cordialmente,

Aureliano

ValériaC disse...

Oi Suely, como é lindo aqui...fiquei encantada com seu Blog.
Absolutamente maravilhoso este texto do Gaefke...somos seres que sentem e neste sentir tão intenso que nos percorre a alma, quanto aprendemos.
Boa tarde...beijos
Valéria

Barbie Californiana disse...

Impossível não sentir nada ao terminar de ler este texto... super emotivo... super lindo! Adorei, amiguinha. beijusss e bom feriado!

Morgana disse...

Querida amiga Suely, adorei o texto!
Bem verdadeiro e profundo.
Um forte abraço amiga!

Ahtange disse...

Sentimos então a força do não desistir,
de encarar a dor de frente e sorrir.
Lindo.
Olá querida passando para matar as saudades e para dizer que meu cantinho está de cara nova esperando sua visita.
Bjos!