16 de junho de 2011

Estar Comigo a Sós

Image and video hosting by TinyPic
Estar comigo a sós é um exercício muito interessante. Libertar-me de todo e qualquer recurso para ocupar o meu tempo, a minha imaginação ou o meu dia. Estar comigo como quem está com um amigo. Como quem recebe uma visita. Como quem faz companhia. Receber-me a mim mesmo de visita a minha casa. Fazer-me companhia. Tornar-me meu interlocutor. Ser o meu próprio psicólogo. Desabafar comigo.
Aprender a estar comigo, para me tornar o meu melhor amigo. Aprender a estar comigo, para me amar. Aprender a estar comigo para me perdoar de todas as coisas de que habitualmente me culpam e de que habitualmente me culpo e condeno a mim mesmo. Fazer o exercício saudável de estar comigo amando-me e compreendendo-me.
Estar comigo em mim. Naquele lugar mais confortável de mim mesmo onde não há queixas, nem amarguras, nem desilusões, nem cansaços, nem recriminações, nem solidão. Estar comigo em mim, no meu mais confortável espaço interior. Frente a frente fazendo-me companhia e apreciando essa companhia. Aprendendo a fazer de mim a companhia de todas as horas.
Aprendendo a fazer companhia a mim mesmo para nunca estar só, nem abandonado, nem vazio. Fazer de mim o meu lar, onde me recebo. Aprendendo a receber-me para poder receber outros, para saber receber outros, para gostar de receber outros. Fazer de mim o meu lar, para que outros percebam que também sou o seu lar, segundo aquela máxima que diz "o nosso lar são aqueles que nos entendem e que nós entendemos".

Autor: Manecas
http://manecas-azul.blogspot.com



Image and video hosting by TinyPic

Um comentário:

Cata disse...

Estar comigo ainda é difícil, mas um dia eu chego lá...
BJO!