8 de março de 2011

Todo Dia é Dia da Mulher


Mulher

Substantivo? Talvez seja o mais correto. Mas é incompleto.
Primeiro, porque mulher não se nasce feita: torna-se.
Nasce em forma concreta, mas se completa em caráter,
no abstrato, apenas com o decorrer da vida e de seus feitos.

E mulheres existem várias.
Mas quando, de repente para alguém, passa a existir uma só,
mulher deixa de ser plural para se tornar substantivo próprio.
Vira mulher com M maiúsculo.
Então, ela se torna referência, característica de comparação,
e, por isso, até pode ser um adjetivo. E o mais poderoso.

E para ir além, é com um toque de interjeição,
porque faz parte dela a emoção e o sentimento,
que consegue ser tão necessária ao dia-a-dia,
fazendo-se, por isso, mulher.

Substantivo concreto ou abstrato?
Adjetivo ou interjeição?
É melhor ficar só com "mulher" mesmo.
Porque se conceitua em si e, pra falar a verdade,
nenhuma classe ou palavra irá conseguir definir
o ser que só uma mulher consegue entender.
E na falta de definições, fica a homenagem a nós, mulheres...

Autora: Claudia Pinelli



Nenhum comentário: