7 de fevereiro de 2011

O Valor de Um Sorriso


Nada custa e rende muito.
Enriquece quem recebe, sem empobrecer quem o dá.
Dura somente um instante,
mas seus efeitos perduram para sempre.
Ninguém é tão rico que dele não precise.
Ninguém é tão pobre que não possa dá-lo a outras pessoas.
Leva felicidade a todos e à toda parte.
É o símbolo da amizade e da boa vontade.
É alento para os desanimados.
Repouso para os cansados.
É raio de sol para os tristes.
É ressurreição para os desesperados.
Não se compra e nem se empresta.
Nenhuma moeda do mundo pode pagar o seu valor.
Não há ninguém que precise tanto de um sorriso,
como aquele que já perdeu até a vontade de sorrir.
Se pode experimentar tanta alegria ao proporcionar
prazer a alguem, o que se deve sentir
quando lhe dá uma saudação?

Autor: Henri Montherlant



Um comentário:

Malu disse...

E como é bom sorrir!
Um sorriso desencadeia tantos outros...
Deixo-te um sorriso, aqui